Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Beneficios.pt

Blog sobre bons hábitos alimentares e benefícios dos alimentos. Aprenda a cuidar da sua saúde.

Beneficios.pt

Blog sobre bons hábitos alimentares e benefícios dos alimentos. Aprenda a cuidar da sua saúde.

Seg | 28.08.17

Benefícios dos morangos

Ricardo

morangos.jpg

Os principais benefícios dos morangos são:

Os morangos são um fruto muito nutritivo e são compostos por diversos elementos que são muito favoráveis para a nossa saúde. Nomeadamente ómega 3, vitaminas (C, K, B2, B5, B6 e B9) e minerais (cobre, iodo, potássio, magnésio e silício). Assim sendo, aqui ficam alguns dos principais benefícios do consumo de morangos para a nossa saúde.

 

  • Os morangos ajudam a reforçar a imunidade do organismo;
  • Este fruto tem poucas calorias;
  • É um fruto vermelho rico em nutrientes importantes para a nossa saúde;
  • Devido aos antioxidantes presentes na sua composição, os morangos combatem os radicais livres. Ajudando assim a prevenir o envelhecimento precoce;
  • Ajudam a alcalinizar o sangue;
  • Ajudam na depuração do organismo. Ou seja, ajudam a eliminar toxinas;
  • Também são bons amigos no que diz respeito ao colesterol uma vez que ajudam a reduzi-lo;
  • Auxiliam na prevenção de problemas cardiovasculares;
  • Devido ao ácido elágico, os morangos impedem a formação de tumores no aparelho digestivo;
  • A vitamina C ajuda a proteger contra a artrite reumatoide;
  • Devido às suas propriedades laxantes, os morangos auxiliam o bom funcionamento intestinal.

 

Fonte do artigo

 

loading...
Seg | 28.08.17

Benefícios da Fruta Desidratada

Ricardo

Fruta desidratada.jpg

 

A desidratação dos alimentos é um processo simples e não altera a composição dos mesmos pelo que podem ser integrados numa dieta alimentar saudável.

 

Este método de preservação consiste em retirar a água dos alimentos, permitindo assim, reter a maior parte do seu conteúdo nutricional, sem ser necessário acrescentar conservantes, dado que as bactérias e os bolores não se desenvolvem em locais secos.

 

Os alimentos desidratados são cada vez mais procurados pelos consumidores por serem práticos, fáceis de armazenar, bastante nutritivos e porque permitem a sua utilização de forma natural fora da época de colheita.

 

O que não falta são exemplos de ingredientes dos quais retiramos, total ou parcialmente, a água para ficarem secos e poderem durar mais tempo: o feijão e o grão-de-bico que temos de demolhar antes de cozinhar, o louro ou os orégãos para temperar, chás de ervas, bacalhau, passas de uvas, as ameixas secas, etc.

 

No caso dos hortícolas e legumes, que dão origem às sopas em pó, consegue-se manter quase 100% das suas vitaminas (sobretudo a vitamina A) e minerais (selénio, potássio e magnésio).

 

Já as frutas desidratadas, dividem-se em:

Frutos secos oleaginosos – sementes, como amêndoas, castanhas-do-pará e nozes

Frutas secas – uvas passas, damascos, bananas, ameixa seca, figos ou tâmaras

 

Podem ser utilizadas como snacks para refeições intermédias ou dar um toque especial a pratos. Quando consumidas com moderação, podem ser muito benéficas para a saúde, pois são riquíssimas em fibras, minerais, potássio, magnésio, selênio, cálcio, ferro, vitaminas A e do Complexo B. Para um lanche poderá optar por três a quatro frutas, sem açúcar nas frutas desidratadas, e sem sal nas oleaginosas.

 

O maior benefício no consumo de alimentos desidratados é o facto de guardarem o sabor dos frescos, preservando a sua qualidade nutricional, e a certeza de que são alimentos livres de conservantes ou corantes, constituintes nocivos para a nossa saúde.

 

Embora sejam alimentos saudáveis, os alimentos secos não devem substituir os frescos de forma geral, por terem um valor energético superior, devido à concentração dos seus nutrientes. No entanto, para praticar uma alimentação equilibrada, o ideal é variar não só nos alimentos, mas também na forma como os confeciona.

 

Fonte do artigo

 

loading...