Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Beneficios.pt

Blog sobre bons hábitos alimentares e benefícios dos alimentos. Aprenda a cuidar da sua saúde.

Beneficios.pt

Seg | 11.12.17

Benefícios da salsa

salsa.jpg

 

A Salsa é muito conhecida por vários benefícios, um deles como sendopurificadora do sangue, o que faz ser classificada como um superalimento. 
 
É extremamente rica em clorofila  e vitamina C, que é um grande anti-inflamatório e ajuda o corpo a absorver o ferro. 
 
Quando consumida regularmente, a salsa ajuda a combater o aparecimento de distúrbios inflamatórios, tais como osteoartrite (a degeneração da cartilagem articular e o osso subjacente) e artrite reumatóide (uma doença que causa a inflamação das articulações).
 
A Salsa é também uma excelente fonte de ácido fólico, que é muito importante para reduzir os níveis de homocisteína. A homocisteína é um mediador da inflamação que está relacionada com a doenças cardiovascular e degeneração cerebral.
 Podemos também dizer que a salsa é um poderoso diurético, que pode ajudar a diminuir  a tensão arterial e melhorar a função renal.
 
A vitamina C e a vitamina A encontradas na salsa servem também para reforçar o sistema imunitário.
 

Benefícios

 

1 – Boa para digestão e para o trânsito intestinal

A salsa é considerada uma planta digestiva, o que ajuda melhor o tempo de digestão, prevenir ou aliviar espasmos intestinais e sintomas causados pela digestão lenta.

Além dessas qualidades digestivas, pelo seu teor de fibra torna-se uma escolha natural interessante quando se trata de regularizar o trânsito intestinal.

 

2 – Ajuda a fortalecer o sistema imunológico

Se você estiver buscando formas para fortalecer o sistema imunológico e aumentar as defesas do corpo de forma natural, sem dúvida a salsa será uma grande aliada. Ela é rica em vitamina C, um nutriente essencial com acção comprovada sobre o nosso sistema imunológico.

Além disso, a vitamina A reforça os pontos de entrada no corpo humano, tais como as membranas e mucosas, o revestimento ocular e as vias respiratórias, urinária e do intestino. Além disso, os linfócitos ou células brancas do sangue, dependem de vitamina A para combater infecções em nosso corpo.

 

3 – Cuida dos rins

O consumo de salsa é ideal para fazer a limpeza dos rins naturalmente. Isto está ligado as suas propriedades diuréticas que favorecem a função renal, de modo que ajuda nossos rins a desempenharem as suas funções de limpeza e desintoxicação do corpo da melhor forma.

– Atenção: Embora a salsa seja benéfica para os rins, não é aconselhada em caso de pedras nos rins ou pessoas propensas a pedras nos rins, porque contém grandes quantidades de ácido oxálico (um componente envolvido na formação dessas pedras). Também não deve ser consumida em casos de insuficiência renal.

 

4 – Diurético

Essa planta tem sido tradicionalmente usada para aumentar a secreção de urina pelos rins. Suas propriedades diuréticas são úteis para combater as infecções do trato urinário e para combater a retenção de fluidos no corpo.

 

5 – Controla a hipertensão

Por sua riqueza em potássio e seu efeito diurético, a salsa também é recomendada como um hipotensor, ajudando a regular os níveis de pressão arterial elevada.

 

6 – Combate o mau hálito

Sua riqueza de clorofila, que é considerada um bom desinfectante natural, ajuda a combater o mau hálito de forma eficaz. Mastigue as folhas e o caule para ter um hálito fresco.

 

7 – Detox

sumo de salsa é considerado um excelente depurador natural. Este suco ajuda a desinfectar e purificar os intestinos, a combater gases intestinais, também tem efeito desinfectante nos pulmões por sua contribuição de clorofila e o seu efeito diurético ajuda a aumentar a remoção de resíduos renais, além de ser um neutralizador geral de toxinas.

 

8 – Menopausa e osteoporose

Nos benefícios da salsa destaca-se também seu poder de ajudar a amenizar os sintomas da menopausa de várias maneiras. Sua contribuição de fitoestrogênios ajuda a equilibrar os níveis hormonais durante a menopausa. O boro, presente nessa planta, é um mineral encontrado em frutas e vegetais e muito importante para ser consumido durante a menopausa por aumentar os níveis de estradiol, a forma mais ativa de estrogênio.

Isso pode explicar em parte por que as mulheres vegetarianas sofrem muito menos de osteoporose e outros problemas relacionados à menopausa do que aquelas que consomem poucos vegetais.

 

9 – Previne a anemia

Os vegetais verdes são ricos em clorofila e ferro, por isso são bastante utilizados na medicina natural para combater a anemia.

 

10 – Combate o cancro/câncer

Estudos mostram que a miristicina, um composto orgânico encontrado no óleo essencial de salsa, não só inibe a formação de tumores (particularmente no pulmão), mas também activa uma enzima chamada glutationa-S-transferase, que ajuda a molécula de glutationa a se juntar e lutar contra moléculas oxidadas. A miristicina também pode neutralizar agentes cancerígenos como o benzopireno, que está presente no fumo do cigarro.

 

11 – Antioxidante

A salsa tem um grande arsenal de antioxidantes, dentre os quais destacamos a luteolina, um flavonoide que ajuda a eliminar os radicais livres no nosso corpo e que causam o stresse oxidativo nas células. A luteolina também promove o metabolismo de carbohidratos e funciona como agente anti-inflamatório. Além disso, a vitamina C e a vitamina A também são dois antioxidantes potentes.

 

12 – Anti-inflamatória

Com a ajuda da luteolina e da a vitamina C encontrados na salsa, ela serve como um agente anti-inflamatório muito eficaz. Quando consumida regularmente, pode prevenir o aparecimento de doenças inflamatórias, tal como osteoartrite (degeneração da cartilagem e do osso subjacente) e artrite reumatoide (uma doença que provoca a inflamação nas articulações).

 

13 – Coração saudável

A homocisteína, um aminoácido produzido no corpo humano, ameaça os vasos sanguíneos quando estão em níveis muito altos. Felizmente, o ácido fólico (ou vitamina B9) presente na salsa ajuda a tornar a homocisteína moléculas inofensivas. Portanto, a ingestão regular de salsa pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, incluindo ataques cardíacos, derrame e aterosclerose.

 

14 – Vitamina K

O alto teor de vitamina K neste condimento faz da salsa um alimento benéfico para a adequada coagulação do sangue. Duas colheres de salsa contêm 153% da dose diária recomendada de vitamina K, necessária para a síntese da osteocalcina, uma proteína que fortalece a composição dos nossos ossos. A vitamina K também evita a acumulação de cálcio em nosso tecido e, portanto, reduz o risco de desenvolver aterosclerose, doença cardiovascular e acidente vascular cerebral.

 

15 – Afrodisíaca

A salsa também tem um leve efeito afrodisíaco. Este efeito seria indicado especialmente para as mulheres devido à sua riqueza em fitoestrogênios. Ela promove a menstruação, a produção de leite materno e aumenta a libido feminina.

Contra-indicações

A salsa não é indicada em casos de:

– Pedras nos rins ou uma tendência a formar pedras nos rins (cálculo renal).
– Insuficiência renal.
– Pessoas com estômago fraco, úlcera duodenal ou gastrite.

 

Fonte do artigo

loading...