Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Beneficios.pt

Blog sobre bons hábitos alimentares e benefícios dos alimentos. Aprenda a cuidar da sua saúde.

Beneficios.pt

Sab | 02.09.17

Benefícios do Arroz integral

arroz integral.png

 

arroz integral é conhecido pelas suas propriedades nutricionais. O arroz integral é rico em fibras, proteínas, minerais e vitaminas do complexo B.

A presença de fibras, proteínas, magnésio e algumas vitaminas tornam o arroz integral um alimento especialmente importante para aqueles que procuram o emagrecimento, pois ele pode auxiliar na sensação de saciedade e da depressão.

 

Quando não ocorre uma concentração grande de glicose, assim como é ocorrido com o arroz normal, ocorre uma menor criação de reservas de gordura, ou seja, as gorduras localizadas. Isso ajuda a manter a forma, além de emagrecer. As fibras, e a glicose entrando no corpo lentamente, também melhoram o metabolismo, fazendo com que as funções corporais sejam realizadas mais rapidamente, diminuindo, até mesmo, a resistência à insulina.

Para fazer o arroz, a única diferença do comum é o tanto de água que você irá acrescentar, como ele tem casca (por isso é integral), o cozimento demora um pouco mais e precisa de mais água do que o branco.

 

 

Os alimentos integrais surgem assim como uma opção cada vez mais frequente, pois todos sabemos que são mais saudáveis. É o que acontece com o arroz integral, com reconhecidos benefícios para a saúde.

Mas, antes de olharmos para as vantagens do arroz integral, é preciso perceber o que é o arroz integral, distinguindo-o daquele que conhecemos melhor e que é o arroz branco.

Antes de mais importa esclarecer que o arroz é um cereal que nós, no mundo ocidental, estamos habituados a ver na sua forma mais processada: o arroz branco. Para ficar branco o arroz é descascado e é submetido a diversos procedimentos que se destinam a deixá-lo com o aspecto que lhe conhecemos e que se quer que seja comercialmente mais atractivo.

Para isso, o arroz branco chega mesmo a ser artificialmente tratado com glicose e parafina, o que faz com que fique mais brilhante. O talco é também frequentemente acrescentado ao arroz branco para que fique mais solto.

 

Processamento do Arroz Integral

O arroz integral não passa por nenhum destes processos de tratamento, que vão destruindo o valor nutritivo deste cereal, pelo que conserva todas as suas propriedades alimentares.

O arroz integral é o arroz que nem sequer é descascado, mantendo ainda uma película fina acastanhada, conhecida por farelo de arroz. O farelo de arroz e a ausência de tratamentos químicos, fazem com que o arroz integral seja melhor para a nossa saúde do que o arroz branco. O arroz integral é ainda mais saboroso do que o arroz branco.

 

Propriedades do Arroz Integral

O arroz integral não tem glúten e faz-nos sentir saciados por mais tempo; é de mais fácil digestão porque contém fibra, combatendo as disfunções digestivas e ainda ajuda ao bom funcionamento dos intestinos, eliminando a prisão de ventre. Devido ao farelo, é rico nas vitaminas B1, B2, B6, B12 e em minerais.

A fina película castanha que reveste o arroz branco, o tal farelo de arroz, possui a cadeia alimentar mais completa de doze aminoácidos, indispensáveis para a formação de novas células.

Como é muito rico em fibras naturais, protege-nos contra o aparecimento do cancro do cólon – um dos mais frequentes na nossa sociedade.

 

Benefícios do Arroz Integral

O consumo de arroz integral ajuda ainda no combate ao colesterol e à arteriosclerose, dando um grande contributo para a eliminação de todo o tipo de toxinas do nosso corpo. Auxilia a controlar os níveis de açúcar no sangue, sendo naturalmente uma óptima escolha para todos os que sofrem de diabetes.

O arroz integral é ainda abundante em selénio, um nutriente essencial para o correcto funcionamento do nosso corpo, uma vez que promove o bom funcionamento do nosso metabolismo. Como o selénio é um antioxidante natural, o nosso sistema imunológico é muito beneficiado pelo consumo deste cereal.

Como não é sujeito a tratamentos químicos e não tem glúten é também apropriado para quem é mais sujeito a alergias, pois o risco de alergia do arroz integral é praticamente inexistente.

O arroz integral pode ser cozinhado de mil e uma maneiras, bastando usar uma panela de pressão para que fique bem cozido ou, em alternativa demolhar o arroz integral num mínimo de três horas antes de cozinhar. Para que a transição do arroz branco para o arroz integral, em termos de sabor, seja mais fácil, podemos misturá-los até que o nosso paladar se adapte. Depois de feita a adaptação, pela sua leveza e propriedades, vai tornar-se num alimento de eleição.

 

Fonte do artigo

loading...