Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Beneficios.pt

Blog sobre bons hábitos alimentares e benefícios dos alimentos. Aprenda a cuidar da sua saúde.

Beneficios.pt

Blog sobre bons hábitos alimentares e benefícios dos alimentos. Aprenda a cuidar da sua saúde.

Sab | 09.09.17

Benefícios do Limão

Ricardo

limão.jpg

 

O limão é boa fonte de fibras e vitamina C, além de conter outras vitaminas (tiamina, riboflavina) e minerais (fósforo, silício, cálcio e ferro).

 

Grande parte dos seus benefícios estão vinculados a uma substância presente na casca, chamada d-limoneno (rica em flavonoides). Esses flavonoides possuem ação antioxidante que previne a ação dos radicais livres.

 

Confira o que essa frutinha pode fazer por você:

 

Ajuda a digestão.  O sumo de limão elimina matérias indesejáveis e toxinas. A sua composição  é semelhante à da saliva e fluidos digestivos.  Ajuda o fígado a produzir bílis, ácido essencial para a digestão. Os limões são também ricos em minerais e vitaminas que ajudam a soltar toxinas do trato digestivo. As propriedades digestivas do sumo de limão aliviam sintomas de indigestão como azia, arrotos e flatulência.

 

Reduz o risco de câncer de esôfago: O limão, como todas as frutas cítricas, contém níveis fisiológicos significativos de flavonas. A ingestão de flavonas é associada a diminuição do risco de câncer de esôfago. 

 

Melhora o humor e reduz a ansiedade: O óleo de limão possui atenuador de ansiedade (ansiolítico), um tipo de antidepressivo através da modulação de neurotransmissores.

 

Ajuda a manter o peso: Os polifenóis da casca do limão suprimem a obesidade induzida por dieta, hiperglicemia e resistência à insulina. Os limões são ricos em fibra pectina que ajuda a combater os desejos por comida.

 

Fortalece o sistema imunológico: Os limões são ricos em vitamina C que é ótima para afastar constipações. São ricos em potássio, que estimula o cérebro e o sistema nervoso, bem como regula a tensão arterial. O ácido ascórbico, presente nos limões, tem efeitos anti inflamatório e é usado em casos de asma e outras condições respiratórias, uma vez que aumenta a absorção de ferro pelo organismo. O ferro tem um papel importante no sistema imunológico. Os limões contem também saponinas com propriedades anti microbianas que combatem constipações e gripes.

 

Equilibra os níveis de pH do sangue: Os limões são uns dos alimentos com mais propriedades alcalinas. Eles são ácidos por si, mas quando processados pelo organismo se tornam alcalinos.Os limões contem ácidos cítrico e ascórbico, ambos facilmente metabolizados permitindo que os componentes minerais melhorem os níveis alcalinos do organismo. Beber limão com água regularmente ajuda a remover a acidez do corpo, incluindo o ácido úrico nas juntas, uma das principais causas de dores e inflamações.

 

Melhora a aparência da pele: A vitamina C e outros antioxidantes diminuem as rugas e manchas e ajudam a combater os danos dos radicais livres. A vitamina C é vital para a luminosidade da pele ao mesmo tempo que a sua natureza alcalina mata alguns tipos de bactérias que causam acne. Pode até ser aplicado diretamente em cicatrizes ou em sinais para melhorar o aspeto.  Uma vez que o sumo de limão elimina toxinas do sangue, ajuda a prevenir manchas, “de dentro para fora”.

 

Refresca o hálito: Além de refrescar o hálito, o limão é conhecido por aliviar as dores de dentes e gengivas. Atenção que o ácido cítrico pode causar erosão no esmalte dos dentes. Não escove os dentes logo após tomar o sumo de limão com água.

 

Trata garganta infeccionada: O limão é uma excelente fruta que auxilia no combate a problemas relacionados a infecções de garganta, dor de garganta e amigdalite, pois tem uma propriedade antibacteriana. Para dor de garganta, dilua o suco de meio limão com metade de água e faça gargarejos com frequência.

 

Evita o envelhecimento precoce: Como todos os cítricos, o limão é conhecido pelo seu alto conteúdo de vitamina C, mas também contem vitamina A, e  E. Esses antioxidantes ajudam a prevenir envelhecimento das células e neutralizam os radicais livres.

Fonte do artigo

loading...